Mercado: Mato Grosso bate recorde de emplacamentos em agosto



No mês de agosto o setor automotivo de Mato Grosso registrou recorde de vendas. Com 11.800 veículos emplacados, o Imposto sobre Produtos Industrializados IPI foi o principal fator de estímulo a esse resultado. A previsão era de que o benefício da alíquota reduzida vigorasse até o dia 31 do mês passado, o que provocou verdadeira corrida às concessionárias.

Em relação ao mês de julho, que já havia sido considerado positivo pelo segmento, a elevação foi de 6,45%. No acumulado de janeiro a agosto, porém, esse ano ainda está abaixo de 2011. O balanço é da Federação Nacional de Distribuidores de Veículos de Mato Grosso Fenabrave-MT.

"As vendas dos últimos três meses foram motivadas pela redução de IPI. A prorrogação foi feita somente no final de agosto, mas o resultado já estava consolidado. Os consumidores se adiantaram e garantiram o veículo zero quilômetro com preço reduzido", pondera o diretor regional da Fenabrave-MT, Manoel Guedes.

Em agosto foram emplacados 4.740 automóveis carros de passeio em Mato Grosso. O índice representa incremento de 8,29% em relação a julho, quando foram comercializados 4.377 automóveis no Estado. O setor de comerciais leves caminhonetes registrou alta de 16,56% em relação a julho, com 1.943 veículos emplacados.

O segmento de caminhões emplacou 309 unidades, contra 231 em julho. A elevação é de 33,77%. A comercialização de ônibus registrou incremento de 84,21%, com as 35 unidades vendidas em agosto, ante 19 do mês imediatamente anterior. O setor de motocicletas foi o único que não seguiu a tendência de crescimento. Com 4.773 motos comercializadas em agosto, a diferença foi de -0,38% em relação a julho, quando foram emplacadas 4.791 veículos dessa categoria no Estado.

"A diferença é quase irrisória, por isso nem consideramos o resultado como queda, mas sim empate técnico. O percentual é baixo e na prática a diferença é de apenas 18 motocicletas", explica Guedes.

Entre os meses de janeiro e agosto deste ano, o Estado emplacou 76.623 veículos de todas as categorias. Mesmo com os incentivos e os constantes recordes apresentados, o número ainda está abaixo do registrado no mesmo período de 2011. No ano passado, até agosto, Mato Grosso havia comercializado 77.523 unidades de veículos.

CUIABÁ - No último mês a capital apresentou basicamente a mesma performance do Estado. Com 3.345 veículos emplacados, a alta foi de 5,29% ante julho. Foram comercializados 1.911 automóveis, 607 comerciais leves, 58 caminhões e 769 motos. O número que chama atenção é a queda de 6,45% no setor de motocicletas e nenhuma venda zero de ônibus, contra 2 dois comercializados em julho. No acumulado do ano, Cuiabá soma 21.933 veículos emplacados ante 21.869 em igual período de 2011.

da Redação | 11/09/2012